Faculdade Mental
NOSSOS COLUNISTAS - 07/10/2010
  

CRIATIVIDADE NO MARKETING

PROPAGANDAS INTELIGENTES (SNCF)


The site:
http://www.sncf.com/en_EN/flash/#
Chamada da campanha de recrutamento da rede ferroviária europeia:
SELEÇÃO DE ENGENHEIROS SNCF H/F HOMENS/MULHERES.
NOSSOS ENGENHEIROS PROJETAM PONTES CAPAZES DE RESISTIR A PASSAGEM DE UM TREM A CADA 2 MINUTOS DURANTE MAIS DE 100 ANOS. E VOCÊ? ATÉ ONDE VOCÊ VAI?
O site da SNCF:
http://www.sncf.com/


PROFESSOR TOM COELHO
www.tomcoelho.com.br www.setevidas.com.br. (Confira o logo do FM - http://www.tomcoelho.com.br/sites.asp?PN=3&intervalo=10&t=) 
Corrupção e Pirataria
*por Tom Coelho


“Se os homens são puros, as leis são desnecessárias;
se os homens são corruptos, as leis são inúteis.”
(Thomas Jefferson)


O final do ano se aproxima, trazendo consigo festas e presentes de Natal.
Recentemente, por ocasião do chamado Dia das Crianças, comuniquei a meus dois filhos, de seis e oito anos, que não haveria presentes de minha parte. Eu os presentearia unicamente no Natal com o desejado videogame Playstation 2, o qual, dado seu elevado custo, seria suficiente para nutrir expectativas por várias festividades.
É uma forma de fazê-los compreender o cunho meramente comercial que reveste determinadas datas. E, mais do que isso, é uma maneira de dotá-los de uma percepção do valor pecuniário da moeda. é um jeito particular meu de educá-los.
Por exemplo, concedo aos dois uma pequena mesada. Mas não se trata de um bônus para despesas quaisquer. Trata-se do dinheiro através do qual eles terão que pagar desde o seu próprio café da manhã, almoço e jantar, quando estão comigo, até suas opções de lazer. Foi o expediente que encontrei para fazê-los valorizar o que têm em mãos. Hoje, eles pensam duas vezes entre comprar um álbum de figurinhas, divertir-se num fliperama e jogar boliche, ou poupar para adquirir algo que desejam. Decidem até mesmo se um garçom merece 10% pelos serviços prestados ou não. Mas isso é estória para outra coluna...
Voltando ao videogame, fui surpreendido neste final de semana por uma solicitação de meu filho mais velho, Gabriel. Disse-me ele:
“Papai, compre o Playstation 1, por que o número 2 não aceita CD pirata”.
Veja bem, amigos, estamos falando de uma redução em meu investimento da ordem de R$ 1.200,00 para R$ 400,00. Meus filhos, por sua vez, estão abrindo mão de um equipamento tecnologicamente mais avançado, com mais recursos e melhor definição de imagens, em virtude de terem consciência de que um cartucho novo e original custará cerca de R$ 150,00, enquanto uma versão pirateada do mesmo poderá ser adquirida pela pechincha de R$ 10,00.
Para um sujeito que estuda o comportamento humano, entre eles aspectos como “ética”, desnecessário dizer como me sinto diante desta situação. Como um garoto de oito anos de idade, sem influência de seus pais ou outros adultos, mas tão somente por conta de seu relacionamento junto a outros garotos da mesma idade, julga simplesmente natural sua opção por um produto ilegal?
Não tenho respostas. Aliás, não me sinto no direito de censurá-lo por sua decisão. Estou diante de uma terrível dissonância cognitiva. Sinto-me desprovido de argumentos capazes de mostrar-lhe que aquilo que lhe parece correto é errado. Porque o errado, à luz dos fatos, mostra-se a mim como adequado e plausível.
Ganância e Bom Senso
Refletindo sobre o assunto, concluí que a pirataria é uma forma de corrupção. E, sem a pretensão de realizar um estudo sociológico sobre o tema, ocorreu-me haver duas formas de corrupção. Uma, baseada na ganância; outra, no exercício do bom senso.
A corrupção calcada na ganância é aquela velha conhecida de todos: politicamente incorreta, filosoficamente condenável, socialmente detestável. Opõe o corruptor, agente ativo da ação, responsável pelo despertar do processo; e o corruptível, o lado passivo, que aceita o objeto do suborno e as regras do jogo. Seu objetivo é auferir o ganho fácil, transgredindo regras e leis, se necessário for – e, quase sempre, o é.
Já a corrupção que estou qualificando como baseada no bom senso é uma espécie de corrupção anárquica, reflexo de nossa tendência em fazer justiça com as próprias mãos. Consiste numa ação que se insurge quando a fronteira de nossa tolerância é transposta. E esta linha de fronteira varia de pessoa para pessoa, de acordo com seus princípios éticos e morais e sua condição sócio-econômica.
Um exemplo clássico é a famigerada indústria das multas de trânsito. Assim, uma infração leve atualmente apresentará um custo da ordem de R$ 53,20. é um valor aceitável pela maioria dos cidadãos condutores de um automóvel. Todavia, uma infração por excesso de velocidade poderá redundar numa fatura da ordem de R$ 574,62, dobrando em caso de reincidência. A penalidade é a mesma para o condutor de uma Ferrari ou de um Uno Mille. é também a mesma para quem, trafegando numa via onde 100 km/h seja a velocidade máxima permitida, atingir 121 km/h ou 180 km/h. E é parado no acostamento, com o guarda rodoviário portando seu talão de anotações, que as verdades – e os limites individuais – se revelam.
Dentro deste contexto, a pirataria é uma corrupção baseada no bom senso, por parte de quem compra, decorrente da corrupção pela ganância, praticada por quem vende. Enquanto um game para Playstation custar R$ 150,00, um software da Microsoft for ofertado “promocionalmente” por mais de R$ 2.000,00 e um CD de uma banda qualquer, que pode ser baixado em MP3, for vendido por R$ 35,00, a propagação de produtos ilegais continuará grassando pelo mundo afora.
A sociedade não está disposta a bancar este superdimensionamento de valor agregado. Todos sabem o quão pouco custa fisicamente um compact disc. Todos reconhecem que há um prêmio a ser pago pela tecnologia desenvolvida. Mas há um limite que não é respeitado pela indústria – porque não é observado por ela. E é o fabricante o corruptor dentro deste processo. é ele quem elimina a pureza dos homens, tornando as leis necessárias. E é ele quem as transgride, tornando as mesmas leis, inúteis.
Gênese da Corrupção
Não estou aqui como mestre de cerimônias a dizer o que as pessoas esperam e desejam. Não pretendo ser uma unanimidade, aclamado como sábio por conseguir representar em palavras o que as cabeças pensam e os corações sentem. Prefiro instigar a polêmica para que, juntos, possamos compreender melhor este insano mundo em que vivemos.
André Malraux disse que “O terrorismo é justificável”. Pois eu lhes digo que “A corrupção é justificável”. A corrupção é, pois, fruto de nossa própria sociedade, conseqüência de nossas próprias leis, reflexo de nossas próprias escolhas.
Meu amigo Sérgio Compagnoli comentou-me certa feita que a corrupção está em nosso sangue, em nossos genes, pois sua gênese está em nossa cultura católica que nos instiga a rezar alguns versos e terços em troca da salvação de nossa alma ante os pecados cometidos.
é triste saber que, por força de nossas próprias opções, não mais podemos ter princípios castos e rígidos. Temos que ser flexíveis o tempo todo, moldar e ajustar nossas crenças e valores, passando muitas vezes a aceitar o que antes julgávamos herético.
Creio que vou comprar o Playstation 1 neste Natal...
31/10/2003 - Tom Coelho é educador, conferencista e escritor com artigos publicados em 15 países. É autor de “Sete Vidas – Lições para construir seu equilíbrio pessoal e profissional”, pela Editora Saraiva, e coautor de outros quatro livros.
Contatos através do e-mail tomcoelho@tomcoelho.com.br.
Reprodução Autorizada desde que mantida a integridade dos textos, mencionado o autor e o site www.tomcoelho.com.br e comunicada sua utilização através do e-mail talento@tomcoelho.com.br


ADM. MARIZETE FURBINO
http://www.marizetefurbino.com/ (Confira o logo do FM - http://www.marizetefurbino.com/parceiros.asp)
Excelência em Gestão!
Por Adm. Marizete Furbino


“Se você ainda quer que as coisas permaneçam como estão, já está na hora de você mudar de opinião!”. (Giuseppe di Lampedusa)


A empresa que se preocupa com a excelência em sua gestão “não dorme com os olhos dos outros”, pois possui uma visão que norteia e direciona todo o processo organizacional, que é a visão de futuro. Assim, além de pensar e um repensar de toda a gestão, enxerga oportunidades, são pró-ativas, se antevendo aos fatos, traçando estratégias, se envolvendo e comprometendo com a gestão de forma a vislumbrar e a atuar em prol de um futuro melhor, garantindo desta forma não somente sua perpetuação, mas sua solidez no mercado.
Conceber a empresa com uma visão sistêmica, de forma a implementar parceria, cooperação e colaboração junto ao ambiente interno e externo, contribui bastante para que a empresa alcance a excelência e faça seu diferencial no mercado; assim, torna-se imprescindível enxergar a empresa como um ser humano, que além de viva e atuante, funcione de forma integrada, interagida e interligada, de modo que todos os envolvidos realizem de fato parcerias, cooperação e colaboração. É através de um verdadeiro trabalho em equipe e da soma, que existirá maior interação, cooperação, colaboração, e como resultado do trabalho coletivo, a excelência será naturalmente alcançada. 
Neste sentido, conceber a idéia de que as pessoas são os pilares ou esteios que sustentam uma organização é de suma importância quando se fala em excelência em gestão. Assim, enxergar o colaborador como o maior patrimônio da empresa é fator sine qua non para alcançar a excelência na gestão; assim, a gestão deverá se basear em compartilhamento de poder, confiança, negociação, reciprocidade, compromisso e envolvimento. É preciso que a empresa “aposte todas as fichas” em seus colaboradores, reconhecendo-os como sendo um patrimônio intangível valioso, e que somente através da participação efetiva dos mesmos é que conseguirá alcançar a tão almejada excelência.
Preocupar-se em fazer um investimento pesado nos Recursos Humanos, capacitando-os constantemente e investindo na tecnologia da informação, se tornou o grande aliado da empresa que deseja alcançar a excelência em sua gestão, pois o conhecimento e a informação passam a ter uma nova conotação, passando a constituir os pilares da empresa.
Neste mercado, inovação é uma palavra de conotação muito forte, e esta aparece atrelada ao conhecimento e à informação que, juntas, são capazes de gerar vantagem competitiva.
Por sua vez, quando se pensa em excelência na gestão, o gestor deverá adotar sempre o comportamento ético, posto que este, além de lhe render bons resultados, agrega valor à imagem da empresa, contribuindo para que a mesma faça seu diferencial no mercado. Todo bom gestor deve fazer da ética um compromisso a ser assumido para com a sua empresa, pois enxergar a relevância da ética dentro de qualquer gestão, é fator primordial que conduz a excelência.
Entretanto, um grande gestor, além de se preocupar com o desenvolvimento dos valores, missão e visão da empresa, não esquece o foco jamais, pois sabe que se perder o foco haverá dispersão, e como conseqüência haverá perda de tempo, e tempo, em se tratando de mercado, é dinheiro. Seu trabalho é centrado em cima do que se quer alcançar.
Importante salientar que a empresa que busca e zela pela excelência em sua gestão sabe dar a devida importância à sua imagem. Além de atuar em prol do reconhecimento de sua identidade, bem como da imagem corporativa, a empresa de destaque sabe cuidar das relações existentes entre os clientes internos e externos. Esta mesma empresa entende que o poder de uma imagem bem construída advém de um trabalho sério, com respaldo técnico e consistente, principalmente no que se refere às ações, qualidade e resultados, agregando de fato valor ao produto e/ou serviço, procurando fazer uma combinação perfeita, correspondendo às reais expectativas e anseios do consumidor.
É de se notar, entretanto, que para enfrentar os concorrentes, as pequenas e médias empresas, como medida preventiva para evitarem sua própria degola, além de valorizar seus recursos humanos, elas devem investir cada vez mais nos mesmos, para que estes possam atuar com muita criatividade e inovação, trabalhando em prol da melhoria contínua. Com esta estratégia, há amplas chances que a empresa não só melhore cada vez mais produtos/serviços, mas, aumente sua produtividade, obtenha maior lucratividade e faça o diferencial no mercado, mantendo-se competitivas, garantindo assim, sua sobrevivência de forma sustentável.
No processo em prol da excelência na gestão é importante que o gestor perceba e saiba que conhecimento, inovação e criatividade, formam um tripé imprescindível para o desenvolvimento e crescimento de qualquer empresa. Esses três atributos trazem consigo maior produtividade, eficiência e eficácia nas ações. O gerente empreendedor investe nisso cada vez mais, e assim consegue conquistar o sucesso e não só sobreviver, mas permanecer neste mercado globalizado, onde a competitividade é demasiadamente acirrada.
Ademais, a empresa que deseja avançar no mercado, deve se ater a um gerenciamento baseado em processos e orientado para a busca de resultados.  Esse simples fato se torna imprescindível quando se deseja obter a excelência na gestão; assim, ter vontade, se envolver e se comprometer com o que se faz e querer melhorar continuamente, é preciso e necessário. Igualmente, preocupar-se com a melhoria contínua significa preocupar-se com a sobrevivência da empresa. Preocupar-se em fazer melhor todos os dias agregando sempre valor ao produto e/ou serviço que se faz tornou-se extremamente necessário e imprescindível em prol da solidez da empresa no mercado.
Outro ponto de extrema importância é manter o foco no cliente e reconhecer que o maior poder se concentra nas mãos dos clientes, pois, além da necessidade de conhecer seus anseios, necessidades e desejos, torna-se de forma urgente e emergente a implementação da excelência no que tange ao atendimento. É decisivo que o empreendedor consiga enxergar que, para sobreviver e se solidificar no mercado, além de satisfazer o cliente, deverá fazer um diferencial, e o atendimento realizado com qualidade e excelência é o instrumento adequado para o alcance do sucesso.
Importante destacar que ter de fato o compromisso com a responsabilidade social e ambiental, preocupando-se não apenas com o lucro, mas preocupando-se também com a qualidade de vida, tendo como mira o desenvolvimento sustentável, se tornou de fundamental importância quando se deseja e se preza pela excelência na gestão.
E por fim, para obter a excelência na gestão, é decisivo ter um administrador que seja um agente hábil e que descortine a realidade. Seja ele ainda um agente de mudança e de transformação, pois o administrador, através de seus conhecimentos e de sua visão, realiza análise da organização e do mercado, verificando as oportunidades, ameaças, as fraquezas e fortalezas. Essas estratégias fazem com que a organização à qual está sob sua direção, faça um diferencial no mercado, transformando fraquezas em fortalezas e ameaças em oportunidades, o que contribui para que a empresa não apenas sobreviva, mas permaneça sólida no mercado por pelo menos mais tempo.
Diante de tais considerações, é de suma importância que o empreendedor perceba e reconheça a importância da figura do administrador dentro da empresa, para que se almeje como meta a ser obstinadamente perseguida, a excelência na gestão, com todas as considerações e implicações descritas linhas acima. Assim, perceber que este profissional foi preparado para ocupar o seu lugar no mercado e que o contratando a empresa só tende a ganhar, este então, sim, será o “segredo” capaz de alavancar qualquer empresa em meio a este mercado marcado por incertezas.
30/09/2008 - Marizete Furbino, com formação em Pedagogia e Administração pela UNILESTE-MG, especialização em Empreendedorismo, Marketing e Finanças pelo UNILESTE-MG. É Administradora, Consultora de Empresa e Professora Universitária no Vale do Aço/MG.
Contatos através do e-mail: marizetefurbino@yahoo.com.br
Reprodução autorizada desde que mantida a integridade dos textos, mencionado a autora e o site www.marizetefurbino.com e comunicada sua utilização através do e-mail marizetefurbino@yahoo.com.br


PROFESSOR X


PARA QUE SERVEM AS PESQUISAS?
A realização do segundo turno entre Dilma e Serra não surpreendeu os que se pautaram pelos números do Datafolha. Desde a primeira pesquisa feita após o escândalo Erenice os resultados do instituto mostraram a diminuição gradual da vantagem da petista sobre a soma dos demais candidatos, a continuidade da onda verde, a estabilidade de Serra e o crescimento da chance de haver segundo turno. Na véspera da eleição, o instituto mostrou que Dilma atingia seu menor índice dos últimos 50 dias.
Todos os veículos que divulgaram as pesquisas do instituto puderam mostrar durante a semana passada o crescimento da chance de haver segundo turno. Até a véspera da eleição apenas o Datafolha possibilitou essa análise, que contrariava todas as outras projeções.
Este é o principal objetivo dos levantamentos de opinião: acompanhar o processo eleitoral revelando os movimentos das intenções de voto e suas motivações. Esta eleição apresentou pelo menos três momentos cruciais para seu entendimento e que só puderam ser revelados pela existência de pesquisas.
O primeiro foi após o lançamento das candidaturas, quando Serra liderava por ser mais conhecido. Mas o potencial de transferência de prestígio de Lula projetava Dilma muito competitiva, apesar de sua baixa intenção de voto.
Ao adquirir reconhecimento como candidata do governo mais popular do período pós-redemocratização, conquistou gradativamente o apoio das camadas mais populares e empatou com Serra. A partir do início oficial da campanha e da entrada na TV, em entrevistas e reportagens, o potencial de votos passou a se materializar e Dilma ultrapassou Serra, distanciando-se ainda mais após a primeira semana de horário eleitoral.
Na reta final, com o desgaste crescente da candidatura oficial, Marina começou a conquistar a classe média e, posteriormente a atingir camadas mais numerosas da sociedade. A partir daí começou a tirar votos também de Dilma, levando a eleição para o segundo turno.
Não fossem as pesquisas públicas, contratadas pelos veículos de comunicação, essas informações seriam exclusivas dos partidos políticos e não poderiam compor o repertório de informações de cada eleitor. A história da eleição seria refém de versões engajadas como, aliás, neste ano se tentou construir através da constante repetição de prognósticos que, ao final, mostraram-se enviesados.
Diante da continuação dessa história uma nova pergunta recai sobre os pesquisadores: quais são as chances de Dilma e Serra? O Datafolha divulgará novo levantamento em breve, avaliando o impacto e as repercussões do resultado do primeiro turno. Mas a última pesquisa, feita às vésperas do primeiro turno, já revelava que metade dos eleitores de Marina prefere Serra e um terço, Dilma. Outros 21% mostram-se indefinidos.
Em 2002, também no mesmo momento, simulação de segundo turno mostrava que Lula partia com uma vantagem de 18 pontos sobre Serra. Em 2006, a vantagem do petista sobre Alckmin era de 21 pontos. Hoje, considerando a mesma simulação, Dilma tem uma vantagem de 12 pontos sobre Serra. Aguardemos o próximo Datafolha.
MAURO PAULINO é diretor-geral do Datafolha - Fonte: Folha de S.Paulo - 05/10/10.


PROFESSORA PASQUALINA


LIVRO RECONSTRÓI VIDA DE LOUIS ARMSTRONG
Biografia recém-lançada recupera material inédito para traçar carreira de um dos artistas mais influentes do jazz. Escritor Terry Teachout teve acesso a 650 rolos de gravações, cartas, blocos de notas e pesquisas acadêmicas.
Era o último dia de 1912, em Nova Orleans. Aos 11 anos, Louis Armstrong abriu a arca da mãe e furtou um revólver carregado com balas de festim. Na mesma noite, disparou um tiro, foi retido e levado a um reformatório.
Foi lá que se tornou o interno modelo. Integrava a banda de metais, tocava corneta para as filas e os toques que anunciavam a missa.
Uma das mais importantes influências do jazz, de peito estufado e mandíbula forte, o músico que nasceu na virada do século em uma área pobre de Nova Orleans foi alvo de Terry Teachout em "Pops - A Vida de Louis Armstrong".
Primeiro biógrafo a ter acesso a 650 rolos de fitas pessoais de gravações do jazzman, Teachout também recuperou blocos de notas e pesquisas acadêmicas para reconstruir a vida do trompetista, que deixou registros datilografados com apenas dois dedos. E pilhas de cartas.
VIDA E MORTE
Abandonado pelo pai, Armstrong foi criado por uma prostituta. Ajudava em casa revendendo carnes que achava no lixo. Entregou a roupa que a avó lavava, transportou carvão numa carroça e vendeu jornal.
Antes de comprar seu primeiro cornetim em uma loja de penhores, improvisava em uma trompa de lata.
No verão de 1919, se juntou à orquestra de um navio turístico a vapor que cruzava o rio Mississipi. E foi a bordo que aprendeu a ler partituras com precisão -com um sujeito que entendia "pouco de jazz , mas tudo sobre disciplina". No barco, também ganhou peso e passou a usar "calça para gordos".
Sempre manteve a atração por roupas sofisticadas. Na estrada, levava um camareiro para coordenar as 20 malas e passar os 200 lenços. Sua (quarta) mulher o vestiu com a mesma elegância quando foi enterrado, depois de sofrer um ataque cardíaco em 1971. Terno preto, camisa cor-de-rosa e prateada.
O jazzista agenciado por um empresário de lutadores de boxe acabou a vida cultuado pelo mundo.
Não dispensava maconha, fazia aquecimento com óperas italianas e insistia nas notas agudas. Para manter os lábios fortes, carregava uma pomada desenvolvida por um trompetista alemão. Tinha linguagem corporal invejável e combinava música e humor no palco.
Não costumava pegar no pé dos instrumentistas, mas dava sempre uma lição: é preciso sorrir. Certa vez, numa apresentação de Ano-Novo, mesmo com o lábio superior sangrando -por conta de uma doença genética que também o levou a ter voz áspera-, foi capaz de sorrir.


POPS - A VIDA DE LOUIS ARMSTRONG
AUTOR Terry Teachout
TRADUÇÃO Andrea Gottlieb de Castro Neves
EDITORA Larousse do Brasil
Luiza Fecarotta - Fonte: Folha de S.Paulo - 05/10/10.
Detalhes:
http://www.larousse.com.br/detalhes.asp?codigo=LRSE-POPS&categ=299


Não deixem de enviar suas mensagens através do “Fale Conosco” do site.
http://www.faculdademental.com.br/fale.php

 

editorial
cantinho do humor
coluna do canalha
eu digital
falou no FM? tá falado!
fazendo direito
formandos & formados
futebol show
manchetes da semana
marilene carolina
nossos colunistas
pense!
rapidinhas
turmas do FM
a jente herramos
fotos de eventos
trabalhos publicados
  buscar:     
fale conosco
Troque uma idéia com o Cara, Carinha e Canalha, 24 horas por dia.
histórico
“O jornal paralelo oficial dos alunos da FNH”?
créditos
Por trás de um grande site tem sempre uma grande empresa, clique e veja.
colunas

09/04/2017
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


18/02/2017
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


30/12/2016
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


09/10/2016
CRIATIVIDADE NO MARKETING... >>


01/09/2016
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


02/07/2016
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


30/04/2016
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


27/02/2016
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


25/01/2016
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


21/12/2015
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


05/12/2015
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


24/10/2015
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


05/09/2015
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


12/07/2015
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


30/05/2015
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


21/04/2015
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


05/04/2015
THE STREET STORE >>


22/03/2015
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


22/02/2015
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


18/01/2015
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


11/12/2014
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


16/11/2014
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


14/10/2014
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


17/09/2014
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


31/08/2014
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


17/08/2014
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


27/07/2014
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


13/07/2014
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


09/06/2014
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


28/05/2014
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


08/05/2014
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


26/04/2014
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


08/04/2014
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


21/03/2014
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


08/03/2014
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


22/02/2014
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


07/02/2014
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


24/01/2014
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


15/01/2014
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


24/12/2013
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


15/12/2013
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


07/12/2013
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


24/11/2013
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


19/11/2013
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


03/11/2013
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


26/10/2013
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


19/10/2013
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


12/10/2013
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


05/10/2013
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


25/09/2013
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


13/09/2013
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


08/09/2013
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


31/08/2013
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


24/08/2013
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


17/08/2013
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


10/08/2013
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


03/08/2013
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


20/07/2013
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


13/07/2013
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


06/07/2013
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


27/06/2013
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


20/06/2013
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


13/06/2013
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


06/06/2013
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


30/05/2013
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


15/05/2013
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


05/05/2013
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


29/04/2013
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


21/04/2013
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


12/04/2013
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


06/04/2013
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


29/03/2013
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


22/03/2013
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


14/03/2013
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


07/03/2013
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


28/02/2013
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


22/02/2013
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


14/02/2013
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


07/02/2013
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


31/01/2013
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


24/01/2013
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


19/01/2013
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


13/01/2013
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


04/01/2013
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


27/12/2012
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


20/12/2012
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


13/12/2012
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


06/12/2012
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


30/11/2012
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


23/11/2012
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


15/11/2012
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


08/11/2012
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


02/11/2012
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


25/10/2012
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


18/10/2012
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


11/10/2012
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


03/10/2012
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


26/09/2012
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


20/09/2012
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


12/09/2012
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


05/09/2012
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


30/08/2012
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


24/08/2012
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


15/08/2012
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


09/08/2012
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


05/08/2012
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


30/07/2012
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


21/07/2012
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


12/07/2012
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


05/07/2012
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


28/06/2012
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


21/06/2012
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


16/06/2012
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


09/06/2012
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


02/06/2012
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


25/05/2012
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


12/05/2012
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


03/05/2012
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


28/04/2012
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


21/04/2012
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


14/04/2012
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


05/04/2012
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


31/03/2012
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


24/03/2012
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


15/03/2012
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


07/03/2012
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


29/02/2012
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


22/02/2012
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


18/02/2012
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


09/02/2012
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


02/02/2012
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


28/01/2012
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


19/01/2012
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


13/01/2012
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


06/01/2012
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


31/12/2011
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


22/12/2011
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


18/12/2011
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


11/12/2011
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


03/12/2011
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


26/11/2011
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


19/11/2011
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


13/11/2011
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


02/11/2011
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


29/10/2011
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


22/10/2011
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


12/10/2011
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


05/10/2011
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


28/09/2011
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


22/09/2011
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


14/09/2011
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


07/09/2011
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


01/09/2011
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


26/08/2011
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


18/08/2011
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


11/08/2011
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


04/08/2011
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


28/07/2011
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


21/07/2011
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


17/07/2011
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


10/07/2011
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


01/07/2011
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


23/06/2011
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


16/06/2011
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


08/06/2011
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


02/06/2011
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


26/05/2011
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


19/05/2011
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


12/05/2011
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


05/05/2011
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


26/04/2011
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


22/04/2011
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


14/04/2011
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


08/04/2011
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


31/03/2011
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


26/03/2011
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


17/03/2011
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


10/03/2011
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


03/03/2011
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


27/02/2011
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


17/02/2011
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


10/02/2011
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


03/02/2011
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


27/01/2011
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


20/01/2011
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


13/01/2011
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


07/01/2011
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


30/12/2010
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


21/12/2010
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


16/12/2010
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


09/12/2010
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


02/12/2010
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


25/11/2010
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


20/11/2010
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


14/11/2010
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


04/11/2010
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


29/10/2010
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


21/10/2010
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


14/10/2010
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


07/10/2010
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


02/10/2010
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


25/09/2010
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


17/09/2010
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


09/09/2010
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


01/09/2010
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


26/08/2010
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


19/08/2010
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


12/08/2010
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


05/08/2010
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


03/08/2010
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


22/07/2010
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


15/07/2010
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


08/07/2010
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


01/07/2010
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


24/06/2010
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


17/06/2010
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


10/06/2010
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


03/06/2010
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


27/05/2010
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


23/05/2010
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


13/05/2010
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


07/05/2010
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


29/04/2010
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


24/04/2010
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


15/04/2010
CRIATIVIDADE NO MARKETING CXVII >>


08/04/2010
CRIATIVIDADE NO MARKETING CXVI >>


01/04/2010
CRIATIVIDADE NO MARKETING CXV >>


25/03/2010
CRIATIVIDADE NO MARKETING CXIV >>


19/03/2010
CRIATIVIDADE NO MARKETING CXIII >>


11/03/2010
CRIATIVIDADE NO MARKETING CXII >>


04/03/2010
CRIATIVIDADE NO MARKETING CXI >>


25/02/2010
CRIATIVIDADE NO MARKETING CX >>


18/02/2010
CRIATIVIDADE NO MARKETING CIX >>


13/02/2010
CRIATIVIDADE NO MARKETING CVIII >>


04/02/2010
CRIATIVIDADE NO MARKETING CVII >>


29/01/2010
CRIATIVIDADE NO MARKETING CVI >>


23/01/2010
CRIATIVIDADE NO MARKETING CV >>


15/01/2010
CRIATIVIDADE NO MARKETING CIV >>


24/12/2009
CRIATIVIDADE NO MARKETING CIII >>


17/12/2009
CRIATIVIDADE NO MARKETING CII >>


10/12/2009
CRIATIVIDADE NO MARKETING CI >>


03/12/2009
CRIATIVIDADE NO MARKETING C >>


25/11/2009
CRIATIVIDADE NO MARKETING XCIX >>


19/11/2009
CRIATIVIDADE NO MARKETING XCVIII >>


13/11/2009
CRIATIVIDADE NO MARKETING XCVII >>


05/11/2009
CRIATIVIDADE NO MARKETING XCVI >>


29/10/2009
CRIATIVIDADE NO MARKETING XCV >>


22/10/2009
CRIATIVIDADE NO MARKETING XCIV >>


15/10/2009
CRIATIVIDADE NO MARKETING XCIII >>


08/10/2009
CRIATIVIDADE NO MARKETING XCII >>


01/10/2009
CRIATIVIDADE NO MARKETING XCI >>


24/09/2009
CRIATIVIDADE NO MARKETING XC >>


17/09/2009
CRIATIVIDADE NO MARKETING LXXXIX >>


10/09/2009
CRIATIVIDADE NO MARKETING LXXXVIII >>


03/09/2009
CRIATIVIDADE NO MARKETING LXXXVII >>


26/08/2009
CRIATIVIDADE NO MARKETING LXXXVI >>


20/08/2009
CRIATIVIDADE NO MARKETING LXXXV >>


13/08/2009
CRIATIVIDADE NO MARKETING LXXXIV >>


06/08/2009
CRIATIVIDADE NO MARKETING LXXXIII >>


29/07/2009
CRIATIVIDADE NO MARKETING LXXXII >>


24/07/2009
CRIATIVIDADE NO MARKETING LXXXI >>


14/07/2009
CRIATIVIDADE NO MARKETING LXXX >>


09/07/2009
CRIATIVIDADE NO MARKETING LXXIX >>


03/07/2009
CRIATIVIDADE NO MARKETING LXXVIII >>


25/06/2009
CRIATIVIDADE NO MARKETING LXXVII >>


19/06/2009
CRIATIVIDADE NO MARKETING LXXVI >>


11/06/2009
CRIATIVIDADE NO MARKETING LXXV >>


04/06/2009
CRIATIVIDADE NO MARKETING LXXIV >>


28/05/2009
CRIATIVIDADE NO MARKETING LXXIII >>


18/05/2009
CRIATIVIDADE NO MARKETING LXXII >>


13/05/2009
CRIATIVIDADE NO MARKETING LXXI >>


07/05/2009
CRIATIVIDADE NO MARKETING LXX >>


01/05/2009
CRIATIVIDADE NO MARKETING LXIX >>


22/04/2009
CRIATIVIDADE NO MARKETING LXVIII >>


15/04/2009
CRIATIVIDADE NO MARKETING LXVII >>


10/04/2009
CRIATIVIDADE NO MARKETING LXVI >>


01/04/2009
CRIATIVIDADE NO MARKETING LXV >>


25/03/2009
CRIATIVIDADE NO MARKETING LXIV >>


19/03/2009
CRIATIVIDADE NO MARKETING LXIII >>


12/03/2009
CRIATIVIDADE NO MARKETING LXII >>


05/03/2009
CRIATIVIDADE NO MARKETING LXI >>


25/02/2009
CRIATIVIDADE NO MARKETING LX >>


19/02/2009
CRIATIVIDADE NO MARKETING LIX >>


12/02/2009
CRIATIVIDADE NO MARKETING LVIII >>


06/02/2009
CRIATIVIDADE NO MARKETING LVII >>


29/01/2009
CRIATIVIDADE NO MARKETING LVI >>


22/01/2009
CRIATIVIDADE NO MARKETING LV >>


15/01/2009
CRIATIVIDADE NO MARKETING LIV >>


04/01/2009
CRIATIVIDADE NO MARKETING LIII >>


02/01/2009
CRIATIVIDADE NO MARKETING LII >>


25/12/2008
CRIATIVIDADE NO MARKETING LI >>


18/12/2008
CRIATIVIDADE NO MARKETING L >>


11/12/2008
CRIATIVIDADE NO MARKETING XLIX >>


04/12/2008
CRIATIVIDADE NO MARKETING XLVIII >>


29/11/2008
CRIATIVIDADE NO MARKETING XLVII >>


20/11/2008
CRIATIVIDADE NO MARKETING XLVI >>


13/11/2008
CRIATIVIDADE NO MARKETING XLV >>


06/11/2008
CRIATIVIDADE NO MARKETING XLIV >>


30/10/2008
CRIATIVIDADE NO MARKETING XLIII >>


22/10/2008
CRIATIVIDADE NO MARKETING XLII >>


16/10/2008
CRIATIVIDADE NO MARKETING XLI >>


10/10/2008
CRIATIVIDADE NO MARKETING XL >>


01/10/2008
CRIATIVIDADE NO MARKETING XXXIX >>


25/09/2008
CRIATIVIDADE NO MARKETING XXXVIII >>


16/09/2008
CRIATIVIDADE NO MARKETING XXXVII >>


09/09/2008
CRIATIVIDADE NO MARKETING XXXVI >>


04/09/2008
CRIATIVIDADE NO MARKETING XXXV >>


28/08/2008
CRIATIVIDADE NO MARKETING XXXIV >>


21/08/2008
CRIATIVIDADE NO MARKETING XXXIII >>


14/08/2008
CRIATIVIDADE NO MARKETING XXXII >>


08/08/2008
CRIATIVIDADE NO MARKETING XXXI >>


31/07/2008
CRIATIVIDADE NO MARKETING XXX >>


27/07/2008
CRIATIVIDADE NO MARKETING XXIX >>


14/07/2008
CRIATIVIDADE NO MARKETING XXVIII >>


06/07/2008
CRIATIVIDADE NO MARKETING XXVII >>


03/07/2008
CRIATIVIDADE NO MARKETING XXVI >>


26/06/2008
CRIATIVIDADE NO MARKETING XXV >>


19/06/2008
CRIATIVIDADE NO MARKETING XXIV >>


12/06/2008
CRIATIVIDADE NO MARKETING XXIII >>


05/06/2008
CRIATIVIDADE NO MARKETING XXII >>


29/05/2008
CRIATIVIDADE NO MARKETING XXI >>


23/05/2008
CRIATIVIDADE NO MARKETING XX >>


15/05/2008
CRIATIVIDADE NO MARKETING XIX >>


10/05/2008
CRIATIVIDADE NO MARKETING XVIII >>


02/05/2008
CRIATIVIDADE NO MARKETING XVII >>


21/04/2008
CRIATIVIDADE NO MARKETING XVI >>


16/04/2008
CRIATIVIDADE NO MARKETING XV >>


10/04/2008
CRIATIVIDADE NO MARKETING XIV >>


03/04/2008
CRIATIVIDADE NO MARKETING XIII >>


29/03/2008
CRIATIVIDADE NO MARKETING XII >>


21/03/2008
CRIATIVIDADE NO MARKETING XI >>


15/03/2008
CRIATIVIDADE NO MARKETING X >>


08/03/2008
CRIATIVIDADE NO MARKETING IX >>


01/03/2008
CRIATIVIDADE NO MARKETING VIII >>


22/02/2008
CRIATIVIDADE NO MARKETING VII >>


15/02/2008
CRIATIVIDADE NO MARKETING VI >>


07/02/2008
CRIATIVIDADE NO MARKETING V >>


30/01/2008
CRIATIVIDADE NO MARKETING IV >>


24/01/2008
CRIATIVIDADE NO MARKETING III >>


18/01/2008
CRIATIVIDADE NO MARKETING II >>


12/01/2008
CRIATIVIDADE NO MARKETING >>


30/12/2007
UM BRINDE À EDUCAÇÃO >>


23/12/2007
POR UMA EDUCAÇÃO MELHOR EM 2008 >>


16/12/2007
É SÓ CURTIR O RECESSO ESCOLAR... >>


10/12/2007
O LIVRO >>


03/12/2007
MURALHAS DO CONHECIMENTO... >>


26/11/2007
APRENDER, SEMPRE... >>


19/11/2007
O FANTÁSTICO MUNDO DO CONHECIMENTO... >>


15/11/2007
EM BUSCA DO EQUILÍBRIO! >>


06/11/2007
O TEMPO FAZ A DIFERENÇA! >>


02/11/2007
LIVROS E EDUCAÇÃO, UMA COMBINAÇÃO PERFEITA... >>


25/10/2007
O PODER DO MARKETING X >>


25/10/2007
O PODER DO MARKETING IX >>


14/10/2007
DIA MUNDIAL DO PROFESSOR >>


30/09/2007
O PODER DO MARKETING VIII >>


24/09/2007
O PODER DO MARKETING VII >>


16/09/2007
O PODER DO MARKETING VI >>


10/09/2007
O PODER DO MARKETING V >>


02/09/2007
O PODER DO MARKETING IV >>


27/08/2007
O PODER DO MARKETING III >>


25/08/2007
O PODER DO MARKETING II >>


15/08/2007
O PODER DO MARKETING >>


08/08/2007
O PODER DA COMUNICAÇÃO >>


01/08/2007
OSCAR NIEMEYER - ARQUITETO, BRASILEIRO, CIDADÃO >>


25/07/2007
PROFESSOR, NO BRASIL, TEM TEMPO??? >>


13/07/2007
SEXTA-FEIRA TTTTRRRREEEEZZZZEEEE!!!! >>


03/07/2007
DICAS PARA AS FÉRIAS E PARA A LÍNGUA PORTUGUESA... >>


29/06/2007
VOCÊ CONHECE OS COSTUMES DE OUTROS POVOS? >>


23/06/2007
VOTE NO CRISTO >>


11/06/2007
COLUNISTAS MARCIANOS??? >>


04/06/2007
ESSE É O PLANETA TERRA! >>


28/05/2007
BERÇO DA CIVILIZAÇÃO III >>


21/05/2007
BERÇO DA CIVILIZAÇÃO II >>


14/05/2007
BERÇO DA CIVILIZAÇÃO >>


07/05/2007
MATEMÁTICA E PORTUGUÊS EM BUSCA DO EQUILÍBRIO... >>


01/05/2007
PAZ AOS HOMENS DE BOA VONTADE!!! >>


23/04/2007
COLUNISTAS INTELIGENTES... >>


17/04/2007
TIRADENTES >>


08/04/2007
NOSSOS COLUNISTAS E O EQUILÍBRIO! >>


26/03/2007
BLOCOS CULTURAIS... >>


19/03/2007
A PUREZA DE NOSSOS COLUNISTAS... >>


13/03/2007
É NORMAL??? >>


06/03/2007
LÍNGUA PORTUGUESA X LÍNGUA FINANCEIRA >>


03/03/2007
VAI DESISTIR? >>


15/02/2007
DE OLHO NO MUNDO! >>


03/02/2007
QUEM TEM MEDO DE 2007? >>


15/12/2006
SAÚDE! >>


04/12/2006
O MUNDO É NOSSO! >>


25/11/2006
100SACIONAL - SÓ AS MELHORES DE NOSSOS COLUNISTAS - PROFESSORA PASQUALINA/PROFESSOR X >>


13/11/2006
ALBERT EINSTEIN >>


09/11/2006
O TÚNEL DO CONHECIMENTO! >>


31/10/2006
INFORMAÇÃO GIGANTESCA! >>


29/10/2006
ESTUDAR É PRECISO... >>


17/10/2006
FM NO LOUVRE! >>


10/10/2006
LIVRO ABERTO! >>


01/10/2006
UM VIAGEM ATRAVÉS DO CONHECIMENTO! >>


26/09/2006
NA BOCA DA URNA >>


21/09/2006
VÍRGULAS COM FOTOGRAFIA! >>


11/09/2006
NEM O CÉU É O LIMITE... >>


09/09/2006
PERGUNTAS E ESCLARECIMENTOS... >>


03/09/2006
NOSSOS COLUNISTAS PASSANDO A LIMPO... >>


26/08/2006
RESUMO, SINOPSE E RESENHA >>


20/08/2006
CARALHO! >>


25/06/2006
BOLA PRA FRENTE! >>


17/06/2006
TODOS OS CAMPEÕES DE TODAS AS COPAS >>


04/06/2006
VAMOS VER SE VOCÊ CONSEGUE? >>


28/05/2006
INFORMAÇÃO ABRE PORTAS! >>


20/05/2006
VALE A PENA CONFERIR >>


15/05/2006
TESTES.....VAMOS MEDIR O NOSSO NÍVEL! >>


07/05/2006
MAIS TESTES! >>


01/05/2006
OS MELHORES! >>


27/04/2006
INFORMAÇÃO E ENSINO! >>


27/04/2006
APRENDAM QUE OS CARAS SABEM!! >>


06/04/2006
Professor X >>


06/04/2006
Professora Pasqualina >>


06/04/2006
MAIS DICAS DOS NOSSOS COLUNISTAS >>


23/03/2006
NOVOS COLABORADORES DO FM >>