Faculdade Mental
PENSE! - 08/04/2011

  

PENSANDO NA VIDA

QUANTAS PESSOAS PODEM VIVER NO PLANETA TERRA?
English:
http://portalmi.com.br/noticia.php?id=98
Videos:
http://wn.com/How_Many_People_Can_Live_on_Planet_Earth_part_1_of_6
O nosso planeta está a ficar pequeno para tanta gente. E pior: a cada dia que passa, os recursos naturais indispensáveis à sobrevivência de todos os seres humanos escasseiam. O documentário "How many people can live on planet earth?" (2009), do naturalista David Attenborough, reflecte sobre este tema.
Crise é a palavra mais ouvida dos últimos tempos. O Mundo vive um grave periodo de recessão económica que levou todos os governos a implantar severas medidas de contenção. Mas essas medidas deveriam também ter chegado aos problemas ambientais.
As estatísticas dizem que, hoje em dia, o número de nascimentos é inferior ao número de mortes em muitos países. O problema é que enquanto nuns essa verdade se traduz num aumento da esperança média de vida e na redução de número de filhos dos casais, noutros a população continua a crescer descontroladamente.
Somos aproximadamente sete biliões de habitantes na Terra. David Attenborough refere que, quando nasceu, a barreira não passava dos dois biliões. Este gigantesco aumento deve-se ao facto de que a cada segundo, duas pessoas nascem. E cada uma delas vai naturalmente precisar de comida, água, roupa e energia para viver. O naturalista já produziu vários filmes e documentários sobre a natureza e a importância da sua conservação. Sem ela, torna-se impossível fornecer a cada ser vivo estas mesmas condições.
Quantos de nós já não ouviram dizer que no tempo dos nossos avós é que a vida era boa? Pois bem, afinal isso não é verdade. Nos últimos 50 anos, as condições de vida registaram uma das mais significativas melhorias da história. O progresso da ciência, o acesso a novos equipamentos de saúde e a chegada de novas informações sobre cuidados de higiene resultaram numa redução de inúmeras doenças e, consequentemente, numa esperança média de vida alargada.
Ora, quanto mais pessoas vivem, mais procura de recursos existe. O problema é que, segundo Attenborough, essa procura está a atingir os limites do planeta. Se, por um lado, os países industrializados são responsáveis por um estilo de vida pouco recomendável, os países do terceiro mundo continuam a duplicar a sua população sem controlo. Se uns consomem mais do que necessitam, outros não têm o suficiente para abastecer a sua população.
A água e a sua (futura) escassez têm gerado várias discussões e planos de contenção. Cobre quase 70% da Terra, mas apenas uma pequena percentagem é viável para os humanos. Sem água, ninguém sobrevive. Sem água, não se cultiva. Sem água, não há agricultura, comida e roupa. Um dos funcionários da companhia de águas potáveis da capital mexicana, ao ser entrevistado para o documentário, adianta o que se espera nos próximos anos: uma batalha entre países e cidadãos pela posse de água. Afinal, esta vai mesmo ultrapassar a já actual luta por barris de petróleo.
Os seres "dominantes" do planeta usaram e abusaram dos seus sistemas naturais sem olhar a meios e efeitos a longo prazo no meio ambiente. A Natureza não resiste e as facturas têm vindo a ser cobradas. Perante esta situação, será que a Terra está em condições de continuar a sustentar-nos a todos?
Num mundo ideal, os recursos seriam igualmente distribuídos. Mas a realidade é bem diferente. A sustentabilidade é definida em função do que se gasta e consome. David explica que hoje precisamos de um planeta e meio para suportar o actual estilo de vida. Se vivêssemos como os britânicos, seria pior: só cá podíamos estar 2,5 biliões. E se todos fossemos como os americanos, seria a catástrofe: apenas 1,5 biliões. O autor afirma que a solução para estas questões passa pela mudança gradual da forma como nos comportamos ambientalmente e pela obrigação de as famílias terem menos filhos.
Elogia a política do filho único implantada na China em 1979. Se assim não fosse, a China continuaria a crescer sem limites, provocando ainda mais danos ao planeta. Sublinha também a conquistada condição da mulher de decidir como quer o seu futuro. Se casará ou não, se terá ou não filhos. Está provado que as mulheres mais instruídas estão mais informadas sobre a contracepção e tendem a constituir família segundo as suas possibilidades.
Fonte: Portal Obvious (http://obviousmag.org/) - (Colaboração: A.M.B.)
Leia mais:
http://portalmi.com.br/noticia.php?id=98
Vídeos:
http://wn.com/How_Many_People_Can_Live_on_Planet_Earth_part_1_of_6


CUIDE DO SEU BOLSO E DO PLANETA JÁ!
Faça o download gratuito no site http://www.redetres.com/.
(COLABORAÇÃO: PROFESSORA ADRIANA FILETO)


PARA CADA SACOLA RECUSADA, UM CLIQUE!
Será que precisamos de tantas sacolas feitas de plástico e outros materiais nocivos ao meio ambiente?
Clique aqui: http://planetasustentavel.abril.com.br/


SER FELIZ OU TER RAZÃO?


O TEXTO É BEM PEQUENININHO E INTERESSANTE PARA PENSAR A RESPEITO: SER FELIZ OU TER RAZÃO?


Oito da noite, numa avenida movimentada. O casal já está atrasado para jantar na casa de uns amigos. O endereço é novo e ela consultou no mapa antes de sair. Ele conduz o carro. Ela orienta e pede para que vire, na próxima rua, à esquerda. Ele tem certeza de que é à direita. Discutem.
Percebendo que além de atrasados, poderiam ficar mal-humorados, ela deixa que ele decida. Ele vira à direita e percebe, então, que estava errado.
Embora com dificuldade, admite que insistiu no caminho errado, enquanto faz o retorno. Ela sorri e diz que não há nenhum problema se chegarem alguns minutos atrasados. Mas ele ainda quer saber: - Se tinhas tanta certeza de que eu estava indo pelo caminho errado, devias ter insistido um pouco mais... E ela diz: - Entre ter razão e ser feliz, prefiro ser feliz.
Estávamos à beira de uma discussão, se eu insistisse mais, teríamos estragado a noite!


MORAL DA HISTÓRIA


Esta pequena história foi contada por uma empresária, durante uma palestra sobre simplicidade no mundo do trabalho. Ela usou a cena para ilustrar quanta energia nós gastamos apenas para demonstrar que temos razão, independentemente, de tê-la ou não. Desde que ouvi esta história, tenho me perguntado com mais freqüência: 'Quero ser feliz ou ter razão?
Outro pensamento parecido, diz o seguinte: "Nunca se justifique; os amigos não precisam e os inimigos não acreditam".
Passe aos seus amigos, para ver se o mundo melhora...
Eu já decidi... EU QUERO SER FELIZ e você?
"Nunca se justifique. Os amigos não precisam e os inimigos não acreditam"
(Colaboração: Cleonysse)


HÁ A MISÉRIA DÓCIL E A MISÉRIA VIOLENTA - ENTRE A PIEDADE E O MEDO
Outro dia, atravessei dois eventos das ruas brasileiras: a piedade e o medo. Um carro encostou a meu lado e o motorista me apontou gentilmente o pneu de trás, que estaria furado. Se eu saltasse, estaria sob um revólver - percebi e me arranquei. Depois do terror, a pena. Mais adiante, uma mendiga me enviou seu filhinho magro e sujo em busca de esmola.
Eu preferia que ele não tivesse vindo. Se ao menos ele estivesse sozinho, seria suportável; devia ter uns 12 anos e no colo carregava um irmãozinho. Ou seja, um menino miserável de 12 anos leva o outro como uma triste isca para ganhar uma esmola. Na calçada, a mãe observava o efeito da "mise-en-scène", esperando o lucro dos tostões. Era como uma exibição de cinema ou peça de teatro. O menino maior se comportou como um bom ator - sua voz foi treinada com um
"tremolo" de desespero e ele olhou bem no fundo de meus olhos, que tentavam evitá-lo.
Foi um sucesso: fui tomado de funda emoção, coisa rara, porque tenho me esforçado para ser bem frio, nesses tempos duros. Mas, uma criança carregando custosamente outra (o frágil protegendo o frágil) foi irresistível. Quase chorei. O menino encostou na janela do meu carro, esperando a esmola. Por alguns segundos, fui grato ao menino, pois me deu a boa fortuna de uma emoção humanitária. Senti-me feliz e consolado por ser tão "bondoso", um sujeito sensível à dor dos outros. Meu primeiro impulso foi dar um dinheirão ao menino; mas me controlei para não ceder a uma misericórdia barata. Dei uma esmola de "mercado", sem olhar para o menino que, no entanto, me olhava sem parar. A mãe também me olhava de longe.
Por que essa divergência de olhares? A riqueza não olha a miséria, mas a miséria olha a riqueza. Não olho para não sentir culpa ou para não ferir meu universo estético, em que a miséria é um fator desarmônico. A miséria não é plástica. A miséria nos lembra que a desgraça existe e, portanto, a morte, também.
Assim que dou o dinheiro ao menino, sou tomado por um ódio súbito contra o estado das coisas, um tremor meio histérico contra a situação brasileira, contra os políticos, contra os ricos (os mais ricos que eu...). Acelerando o carro, sinto que a indignação me enobrece e me faz atacar vagos personagens que compõem a feia alegoria do mal, uma panóplia de latifundiários, milionários, carrascos egoístas, políticos feudais. Aos poucos, me acalmo e saio lucrando com a esmola, pois cumpri meu dever e me sinto legal, pois paguei um pedágio aos pobres por ter carro, comida e casa. A caridade me faz mais bem do que ao garoto. A miséria mantém o mundo funcionando, apesar de sujar a paisagem.
Depois disso, ainda traumatizado pelo medo do quase assalto, imagino o contrário: e se um cara maior, forte e bruto me metesse um revólver na cara, pela janela? Primeiro, o assalto inverteria a posição do caridoso sujeito que eu me considero, e passaria a ser a vítima e não mais o esmoler. A pobre pessoa seria eu e teria de soltar a grana para não morrer.
O assalto é a esmola ao contrário; você recebe a graça de viver se for humilde como os pobres. O assaltante é que dá a esmola. Além disso, o assalto desagrega nosso universo social. A pobreza perde a face milenar de doçura e submissão e mostra os dentes da vingança. Há um sabor de sacrilégio no assalto. Um travo, um "arrière gout" meio "revolucionário".
O assalto não te exclui, ele te inclui; você também é culpado de ter coisas, e não apenas aqueles ricos que você desprezava. Você é um deles, agora. No assalto, você é vítima e culpado. Pior ainda se você for amante dos "pobres e oprimidos", um comunista talvez. Nada mais triste que um comunista assaltado...
No assalto, se inicia um processo de incriminação em que você é peça de um complexo micro-macro de injustiças que se inicia no capitalismo de Wall Street e acaba ali no seu relógio que ele arrancou. Retraçando o mapa, descobre-se que o seu Rolex foi comprado com o dinheiro que seu pai deixou, herança da fazenda que seu avô pagou com dinheiro público em nome de um "laranja" e depois vendeu com preço subdeclarado; isso o inclui numa estirpe de malandros culpados pela desigualdade social...
Não há remissão no assalto. Além de levar a sua grana, a culpa é sua. Com o fim da caridade, todos ficam suspeitos, todos são incluídos no crime. Ficam visíveis relações finíssimas: no esgar da cara de um burguês nordestino, vê-se a seca desenhada como uma tatuagem; na barriga de um político ou num bigode pintado, percebem-se anos de corrupção e crueldade.
O fim da caridade até é útil porque acaba o mundo do escândalo farisaico e começa a bruta verdade da violência. E, através dos olhos furiosos dos marginais, passamos a ver a cara real do Brasil de hoje.
Mas a miséria armada nos faz esquecer da miséria indefesa. Com a onda de violência, estamos perdendo a compaixão pelos pobres. E, como ninguém sabe resolver o drama da miséria, criamos um vago rancor contra ela, um certo tédio, porque ela não some, teima em reaparecer.
Houve uma época em que a miséria fazia mais sucesso, até como tema para arte e literatura. A miséria dá ou deu lucro político. No Brasil, a miséria é uma indústria. Quanto lucro uma igreja de charlatães tem com os dízimos? Lamentar a miséria traz votos populistas.
Nos sonhos "revolucionários" dos pequenos burgueses como eu, a miséria era uma bandeira. Sofríamos com ela - a miséria dos outros era nosso problema "existencial". Hoje, esvaiu-se a "revolução" imaginária; isso gerou um desalento que aos poucos deu lugar ao cinismo, quase um alívio feliz. Mas a miséria é a ponta de um iceberg sujo e poluído no Brasil. Nós fazemos parte dela. Não existe um mundo limpo e outro sujo. Um infecciona o outro. A burocracia é miséria, nossa corrupção é miséria, a estupidez política é miséria.
A miséria não está em periferias e favelas - está no centro da vida brasileira. Somos uns miseráveis cercados de miseráveis por todos os lados.
Arnaldo Jabor - Fonte: O Tempo - 05/04/11.


Não deixem de enviar suas mensagens através do “Fale Conosco” do site.
http://www.faculdademental.com.br/fale.php

 

editorial
cantinho do humor
coluna do canalha
eu digital
falou no FM? tá falado!
fazendo direito
formandos & formados
futebol show
manchetes da semana
marilene carolina
nossos colunistas
pense!
rapidinhas
turmas do FM
a jente herramos
fotos de eventos
trabalhos publicados
  buscar:     
fale conosco
Troque uma idéia com o Cara, Carinha e Canalha, 24 horas por dia.
histórico
“O jornal paralelo oficial dos alunos da FNH”?
créditos
Por trás de um grande site tem sempre uma grande empresa, clique e veja.
pensamentos

27/08/2017
PENSANDO NA VIDA... >>


09/04/2017
PENSANDO E PENSANDO... >>


18/02/2017
PENSANDO NO EGO... >>


30/12/2016
PENSANDO NAS ORIGENS... >>


14/10/2016
PENSE FORA DO AQUÁRIO... >>


27/08/2016
PENSANDO NAS APARÊNCIAS... >>


02/07/2016
PENSANDO NAS CRIANÇAS >>


30/04/2016
PENSE FORA DA CAIXINHA... >>


14/03/2016
PENSANDO NA FELICIDADE... >>


17/01/2016
PENSANDO NO MUNDO DE HOJE... >>


21/12/2015
PENSANDO NAS FILAS... >>


02/12/2015
PENSANDO NO PRÓXIMO... >>


25/10/2015
PENSANDO NO COLETIVO >>


20/09/2015
PENSANDO NA VIDA >>


14/06/2015
PENSANDO NO PLANETA... >>


05/06/2015
PENSANDO NAS ABELHAS >>


22/04/2015
PENSANDO NA CAPITAL... >>


25/03/2015
PENSANDO NOS CHEFES... >>


22/02/2015
PENSANDO NO FUTURO... >>


18/01/2015
PENSANDO NO FUTURO >>


11/12/2014
PENSANDO NAS APARÊNCIAS... >>


15/11/2014
PENSANDO NA ORIGINALIDADE >>


14/10/2014
PENSANDO NO FUTURO >>


17/09/2014
PENSANDO NAS ELEIÇÕES >>


31/08/2014
PENSANDO NA FILOSOFIA... >>


16/08/2014
PENSANDO NO SER HUMANO... >>


27/07/2014
PENSANDO EM VIDA... >>


13/07/2014
PENSANDO NA REDE >>


09/06/2014
PENSANDO NAS MARCAS... >>


28/05/2014
PENSANDO NA GENEROSIDADE >>


08/05/2014
PENSANDO NA HUMANIDADE >>


26/04/2014
PENSANDO NOS LIMITES... >>


09/04/2014
PENSANDO NO FIM DE SEMANA... >>


21/03/2014
PENSANDO NOS SENTIMENTOS >>


08/03/2014
PENSANDO NA EDUCAÇÃO >>


22/02/2014
PENSANDO EM POLÍTICA... >>


07/02/2014
PENSANDO NA HUMANIDADE... >>


24/01/2014
PENSANDO NOS CACHORROS... >>


10/01/2014
PENSANDO EM RESPEITO >>


24/12/2013
PENSANDO NO SOL >>


16/12/2013
PENSANDO NA VIDA... >>


07/12/2013
PENSANDO NA REDE... >>


24/11/2013
PENSANDO NA IGUALDADE >>


18/11/2013
PENSANDO NO MENSALÃO >>


03/11/2013
PENSANDO NA VIDA... >>


26/10/2013
PENSANDO NA LIDERANÇA... >>


19/10/2013
PENSANDO NA LITERATURA >>


12/10/2013
PENSANDO NAS MENINAS >>


05/10/2013
PENSANDO NO EMPREENDEDORISMO >>


25/09/2013
PENSANDO EM ARQUITETURA >>


13/09/2013
PENSANDO NAS UNIVERSIDADES >>


08/09/2013
PENSANDO NA ECONOMIA >>


31/08/2013
PENSANDO NO TRABALHO >>


24/08/2013
PENSANDO NA CENSURA... >>


17/08/2013
PENSANDO NA “EVOLUÇÃO”... >>


10/08/2013
PENSANDO NAS AVES >>


03/08/2013
PENSANDO NO MUNDO >>


20/07/2013
PENSANDO EM LIVROS >>


13/07/2013
PENSANDO NA SAÚDE >>


06/07/2013
PENSANDO EM HOMENAGENS >>


27/06/2013
PENSANDO NO ESPAÇO >>


20/06/2013
PENSANDO NA VIDA >>


13/06/2013
PENSANDO NA INTELIGÊNCIA >>


06/06/2013
PENSANDO POSITIVO... >>


30/05/2013
PENSANDO DIFERENTE >>


25/05/2013
PENSANDO NO CÉREBRO HUMANO >>


05/05/2013
PENSANDO EM ARTES >>


29/04/2013
PENSANDO EM FENÔMENOS... >>


21/04/2013
PENSANDO EM REDAÇÕES >>


12/04/2013
PENSANDO NO PRÓPRIO INTERESSE >>


06/04/2013
PENSANDO NO SONO >>


29/03/2013
PENSANDO NA DIGNIDADE >>


22/03/2013
PENSANDO NOS ALIMENTOS >>


14/03/2013
PENSANDO EM... >>


07/03/2013
PENSANDO EM PROJETOS >>


28/02/2013
PENSANDO NO CLIMA >>


22/02/2013
PENSANDO NAS LINHAS DE NAZCA >>


14/02/2013
PENSANDO NA OBESIDADE >>


07/02/2013
PENSANDO NA OBESIDADE >>


31/01/2013
PENSANDO NO PÃO NOSSO DE CADA DIA... >>


24/01/2013
PENSANDO NA REDE SOCIAL >>


19/01/2013
PENSANDO NO SUCESSO >>


13/01/2013
PENSANDO NO INTERCÂMBIO >>


04/01/2013
PENSANDO NAS BOBAGENS CIENTÍFICAS >>


27/12/2012
PENSANDO NOS TERMOS MARCANTES >>


20/12/2012
PENSANDO NA LÍNGUA >>


13/12/2012
PENSANDO NA BONDADE >>


06/12/2012
PENSANDO NO AMBIENTE >>


30/11/2012
PENSANDO EM TALENTOS >>


23/11/2012
PENSANDO NOS RELACIONAMENTOS >>


15/11/2012
PENSANDO NA POLÍTICA >>


08/11/2012
PENSANDO NO RELACIONAMENTO >>


02/11/2012
PENSANDO EM HERÓIS >>


25/10/2012
PENSANDO NO FUTURO DO DESIGN >>


18/10/2012
PENSANDO NA EDUCAÇÃO E PROTEÇÃO ESPECIAL >>


11/10/2012
PENSANDO NA CORRUPÇÃO >>


03/10/2012
PENSANDO EM PROTEÇÃO >>


26/09/2012
PENSANDO NOS LIMITES >>


20/09/2012
PENSANDO NO ÁRTICO >>


12/09/2012
PENSANDO NOS OCEANOS >>


05/09/2012
PENSANDO NOS CADEIRANTES >>


30/08/2012
PENSANDO NA SAÚDE >>


24/08/2012
PENSANDO NA LIBERDADE >>


15/08/2012
PENSANDO NA ÁGUA >>


09/08/2012
PENSANDO NA VIDA >>


05/08/2012
PENSANDO NA INFORMAÇÃO >>


30/07/2012
PENSANDO NA ABERTURA >>


21/07/2012
PENSANDO NA LEITURA >>


12/07/2012
PENSANDO NA EDUCAÇÃO >>


05/07/2012
PENSANDO NAS OLIMPÍADAS >>


28/06/2012
PENSANDO NA CORRUPÇÃO >>


21/06/2012
PENSANDO NO AMBIENTE >>


16/06/2012
PENSANDO NO TIBET >>


09/06/2012
PENSANDO NO PRÓXIMO >>


02/06/2012
PENSANDO NAS ESCOLAS RURAIS >>


25/05/2012
PENSANDO NA DEMOCRACIA >>


12/05/2012
PENSANDO NA FELICIDADE >>


03/05/2012
PENSANDO EM RESTAURANTES... >>


28/04/2012
PENSANDO NAS FRONTEIRAS DO VALOR >>


21/04/2012
PENSANDO NAS GLADIADORAS >>


14/04/2012
PENSANDO NAS PARAOLIMPÍADAS... >>


05/04/2012
PENSANDO NA MONALISA >>


31/03/2012
PENSANDO EM 2016 >>


24/03/2012
PENSANDO NOS RIOS >>


15/03/2012
PENSANDO NAS ÁGUAS DE MARÇO >>


07/03/2012
PENSANDO NA NOVA GERAÇÃO >>


29/02/2012
PENSANDO NA UNIVERSIDADE ABERTA >>


22/02/2012
PENSANDO NAS ABELHAS >>


18/02/2012
PENSANDO NO TRABALHO >>


09/02/2012
PENSANDO NA MOTIVAÇÃO >>


02/02/2012
PENSANDO NA PAZ >>


28/01/2012
PENSANDO EM CAUSAS HUMANITÁRIAS >>


19/01/2012
PENSANDO NO PLANETA >>


13/01/2012
PENSANDO NA NEUROLOGIA >>


06/01/2012
PENSANDO NA IRONIA >>


31/12/2011
PENSANDO NA HISTÓRIA >>


22/12/2011
PENSANDO NA ARTE >>


18/12/2011
PENSANDO NO FUTURO >>


11/12/2011
PENSANDO EM AULAS >>


03/12/2011
PENSANDO NO EM EQUILÍBRIO >>


26/11/2011
PENSANDO NOS TUBARÕES >>


19/11/2011
PENSANDO EM MARTE >>


13/11/2011
PENSANDO NO CLIMA >>


02/11/2011
PENSANDO NO FUTURO >>


29/10/2011
PENSANDO NA SUSTENTABILIDADE >>


22/10/2011
PENSANDO NO PONTO DE EBULIÇÃO >>


12/10/2011
PENSANDO ROSA >>


05/10/2011
PENSANDO NOS GLADIADORES >>


28/09/2011
PENSANDO EM "GÊNIOS" >>


21/09/2011
PENSANDO NA EXISTÊNCIA >>


14/09/2011
PENSANDO NA TERRA >>


07/09/2011
PENSANDO NA ARTE >>


01/09/2011
PENSANDO EM PURIFICAÇÃO >>


26/08/2011
PENSANDO NA LINGUAGEM INTERNACIONAL >>


18/08/2011
PENSANDO NO ESPAÇO >>


11/08/2011
PENSANDO NO PROFESSOR >>


04/08/2011
PENSANDO NO AMBIENTE >>


28/07/2011
PENSANDO NA MITOLOGIA >>


21/07/2011
PENSANDO NA BUROCRACIA >>


17/07/2011
PENSANDO NO LEITE MATERNO >>


10/07/2011
PENSANDO NA MISTURA DOS SENTIDOS >>


01/07/2011
PENSANDO EM SISTEMAS SOLARES >>


23/06/2011
PENSANDO NA FOME >>


16/06/2011
PENSANDO NA VIDA >>


08/06/2011
PENSANDO NA MORTE >>


02/06/2011
PENSANDO NO MEIO AMBIENTE >>


26/05/2011
PENSANDO NO DESEJO >>


19/05/2011
PENSANDO NOS INCAS >>


12/05/2011
PENSANDO NAS ARANHAS >>


05/05/2011
PENSANDO EM SUPRIMENTO DE ÁGUA >>


26/04/2011
PENSANDO NAS CRIANÇAS >>


22/04/2011
PENSANDO NAS PESSOAS >>


14/04/2011
PENSANDO NA FAMÍLIA >>


08/04/2011
PENSANDO NA VIDA >>


31/03/2011
PENSANDO EM SOLUÇÕES VERDES >>


26/03/2011
PENSANDO EM DESIGN VERDE >>


17/03/2011
PENSANDO NA FAMÍLIA >>


10/03/2011
PENSANDO NOS ELEFANTES >>


03/03/2011
PENSANDO EM CONCURSO CIENTÍFICO >>


27/02/2011
PENSANDO NO AMOR >>


17/02/2011
PENSANDO NO PENSAMENTO >>


10/02/2011
PENSANDO NO SOL >>


03/02/2011
PENSANDO EM INOVAÇÃO, CRIATIVIDADE E EXPERIMENTAÇÃO... >>


27/01/2011
PENSANDO NAS CIDADES >>


20/01/2011
PENSANDO NOS PÁSSAROS >>


13/01/2011
PENSANDO NA POPULAÇÃO MUNDIAL >>


07/01/2011
PENSANDO NO TALÃO DE CHEQUE >>


30/12/2010
PENSANDO NA COMUNIDADE CIENTÍFICA >>


21/12/2010
PENSANDO NOS MELHORES DA DÉCADA >>


16/12/2010
PENSANDO EM EDUCAÇÃO >>


09/12/2010
PENSANDO NO SOCIAL >>


02/12/2010
PENSANDO NO CLIMA >>


25/11/2010
PENSANDO EM FLORES >>


20/11/2010
PENSANDO NA CONVERVAÇÃO >>


14/11/2010
PENSANDO NA BIODIVERSIDADE >>


04/11/2010
PENSANDO NO CÉU >>


29/10/2010
PENSANDO EM MAPAS >>


21/10/2010
PENSANDO EM ESTÍMULO CEREBRAL >>


14/10/2010
PENSANDO NO CANCER DE MAMA >>


07/10/2010
PENSANDO NA ÁFRICA >>


02/10/2010
PENSANDO EM CHAMPAGNE >>


24/09/2010
PENSANDO NO MUNDO >>


17/09/2010
PENSANDO EM INOVAÇÃO >>


09/09/2010
PENSANDO NAS ATITUDES >>


01/09/2010
PENSANDO NA SOLUÇÃO >>


26/08/2010
PENSANDO NAS HORAS >>


19/08/2010
PENSANDO NOS DIREITOS HUMANOS >>


12/08/2010
PENSANDO EM ÁGUA POTÁVEL >>


05/08/2010
PENSANDO EM UNIVERSIDADE >>


03/08/2010
PENSANDO EM EVOLUÇÃO >>


22/07/2010
PENSANDO NOS JOVENS >>


15/07/2010
PENSANDO EM ECLIPSES >>


08/07/2010
PENSANDO NA FELICIDADE >>


01/07/2010
PENSANDO NA VIOLÊNCIA >>


24/06/2010
PENSANDO EM INOVAÇÃO >>


17/06/2010
PENSANDO NOS ANIMAIS >>


10/06/2010
PENSANDO NO CONSUMO VERDE >>


03/06/2010
PENSANDO EM ALTA FREQUENCIA >>


27/05/2010
PENSANDO EM PENSAMENTO >>


23/05/2010
PENSANDO NA PAZ >>


13/05/2010
PENSANDO EM ALTA DEFINIÇÃO >>


07/05/2010
PENSANDO NO FIM DE UMA ERA >>


29/04/2010
PENSANDO EM ENERGIA >>


24/04/2010
PENSANDO EM ECO COKE >>


15/04/2010
PENSANDO NA INCONFIDÊNCIA >>


08/04/2010
PENSANDO EM TRADUÇÃO >>


01/04/2010
PENSANDO EM GUERNICA >>


25/03/2010
PENSANDO EM AR PURO >>


19/03/2010
PENSANDO EM BANHO DE ÁGUA VERDE >>


11/03/2010
PENSANDO EM SOLUÇÃO NUCLEAR >>


04/03/2010
PENSANDO NAS ALTURAS >>


25/02/2010
PENSANDO EM OBSERVAÇÃO PANORÂMICA >>


18/02/2010
PENSANDO NA ECOLOGIA >>


13/02/2010
PENSANDO EM CORAGEM >>


04/02/2010
PENSANDO NO FUTURO URBANO >>


29/01/2010
PENSANDO E QUESTIONANDO >>


23/01/2010
PENSANDO NA CRIAÇÃO >>


15/01/2010
PENSANDO EM BOA AÇÃO >>


24/12/2009
PENSANDO EM RECICLAGEM >>


17/12/2009
PENSANDO NA REDUÇÃO DE PLÁSTICO NO AMBIENTE >>


10/12/2009
PENSANDO NAS MUDANÇAS CLIMÁTICAS >>


03/12/2009
PENSANDO NA MEMÓRIA >>


25/11/2009
PENSANDO NOS ANIMAIS SILVESTRES >>


20/11/2009
PENSANDO NA AMAZÔNIA >>


13/11/2009
PENSANDO NO ESPAÇO >>


05/11/2009
PENSANDO NO FUTURO >>


29/10/2009
PENSANDO NO PARAÍSO SUSTENTÁVEL >>


22/10/2009
PENSANDO EM LÁGRIMAS >>


16/10/2009
PENSANDO NA MAIOR FEIRA DE LIVROS DO MUNDO >>


08/10/2009
PENSANDO NOS PROFESSORES, PARABÉNS! >>


01/10/2009
PENSANDO EM MIGRAÇÃO >>


24/09/2009
PENSANDO NOS GOLFINHOS >>


17/09/2009
DIA INTERNACIONAL DA PAZ >>


10/09/2009
PENSANDO NO COMBATE À AIDS >>


03/09/2009
PENSANDO EM BLOG POLÊMICO >>


26/08/2009
PENSANDO EM FENÔMENOS V >>


20/08/2009
PENSANDO EM FENÔMENOS IV >>


13/08/2009
PENSANDO EM FONÔMENOS III >>


06/08/2009
PENSANDO EM FONÔMENOS II >>


29/07/2009
PENSANDO EM FONÔMENOS >>


24/07/2009
2009 - ANO DA FRANÇA NO BRASIL >>


14/07/2009
PENSANDO EM RECICLAGEM >>


09/07/2009
PENSANDO EM SEGURANÇA >>


03/07/2009
PENSANDO NO UNIVERSO >>


25/06/2009
PENSANDO NO ESPAÇO >>


19/06/2009
ADESIVOS SUSTENTÁVEIS >>


11/06/2009
PENSANDO EM FOTOGRAFIA >>


04/06/2009
PENSANDO NO AMBIENTE >>


28/05/2009
PENSANDO NA PAZ CELESTIAL >>


18/05/2009
PENSANDO EM "SHIT" >>


13/05/2009
PENSANDO NO CALHAMBEQUE DO FUTURO >>


07/05/2009
PENSANDO NA ADVERSIDADE >>


01/05/2009
PENSANDO EM ARTE A PARTIR DA ELETRICIDADE >>


22/04/2009
PENSANDO NO TRABALHADOR >>


15/04/2009
PENSANDO EM TIRADENTES >>


09/04/2009
PENSANDO NOS PROBLEMAS >>


01/04/2009
PENSANDO EM AMIZADE >>


25/03/2009
PENSANDO NOS ANIMAIS >>


19/03/2009
PENSANDO NA EMOÇÃO >>


12/03/2009
PENSANDO EM SHAKESPEARE >>


04/03/2009
PENSANDO EM RELACIONAMENTO >>


25/02/2009
PENSANDO NA VIDA >>


19/02/2009
PENSANDO EM BONDADE >>


12/02/2009
PENSANDO EM MONA LISA >>


06/02/2009
PENSANDO NO CARNAVAL >>


29/01/2009
PENSANDO NOS ESTUDOS >>


22/01/2009
PENSANDO NO INUSITADO >>


15/01/2009
LUMINOSIDADE >>


04/01/2009
PENSANDO EM TATUAGEM >>


02/01/2009
PENSANDO EM CUBA >>


25/12/2008
PENSANDO EM 2009 >>


18/12/2008
SEMPRE PENSANDO >>


11/12/2008
FELIZ 2000INOVE >>


04/12/2008
PENSANDO NO VAZIO >>


29/11/2008
PENSANDO EM SOLIDARIEDADE >>


20/11/2008
PENSANDO EM REFORMAS >>


13/11/2008
AO SUCESSO >>


06/11/2008
GRANDES EMPREENDEDORES! >>


30/10/2008
TEMPLO RECICLÁVEL >>


22/10/2008
PENSANDO EM XADREZ >>


16/10/2008
PENSANDO EM LITERATURA >>


10/10/2008
ORDEM DE GRANDEZA >>


01/10/2008
ALTOS E BAIXOS >>


25/09/2008
QUEM AMA, CUIDA! E PROTEGE O PATRIMÔNIO >>


16/09/2008
PENSANDO NA TRAIÇÃO >>


09/09/2008
PENSANDO EM DISCIPLINA >>


03/09/2008
PENSANDO NAS "BARBARIDADES" DO MUNDO >>


29/08/2008
PENSANDO BEM... >>


21/08/2008
PENSANDO EM PAZ >>


15/08/2008
ROSTOS E OLHARES >>


08/08/2008
PENSE NA MURALHA >>


31/07/2008
AS OLIMPÍADAS DA CHINA >>


27/07/2008
AMEAÇAS E OPORTUNIDADES >>


14/07/2008
CLIMA SAUDÁVEL >>


06/07/2008
LIDERANÇA GLOBAL >>


03/07/2008
ENVOLVIMENTO E COMPROMETIMENTO >>


26/06/2008
CRIATIVIDADE GIGANTESCA >>


19/06/2008
ARTE PURA >>


12/06/2008
PAIXÃO: A FORÇA QUE IMPULSIONA! >>


05/06/2008
COMPETITIVIDADE >>


29/05/2008
A SUPERAÇÃO DE OBSTÁCULOS >>


23/05/2008
OBRA-PRIMA >>


15/05/2008
EXPLOSÃO DE FORMA V >>


10/05/2008
EXPLOSÃO DE FORMAS IV >>


01/05/2008
EXPLOSÃO DE FORMAS III >>


21/04/2008
EXPLOSÃO DE FORMAS II >>


16/04/2008
EXPLOSÃO DE FORMAS >>


10/04/2008
REPENSE! >>


03/04/2008
MOTIVAÇÃO ESTRELAR >>


29/03/2008
PENSANDO E SOBREVIVENDO >>


21/03/2008
QUEM CUIDA DE VOCÊ, É VOCÊ MESMO! >>


15/03/2008
CRIATIVIDADE E INOVAÇÃO >>


08/03/2008
AURORA BOREAL NO ALASKA >>


01/03/2008
ADVERSIDADES E OBSTÁCULOS >>


22/02/2008
A LIDERANÇA LUNAR >>


15/02/2008
OS CAMINHOS DA ADMINISTRAÇÃO >>


07/02/2008
COOPERAÇÃO E COLABORAÇÃO >>


30/01/2008
ROMPENDO COM O PASSADO E SE PREDISPONDO A MUDAR >>


24/01/2008
NOVOS VALORES E PRINCÍPIOS >>


19/01/2008
ÉTICA, QUESTÃO DE SOBREVIVÊNCIA! >>


12/01/2008
MELHORAR CONTINUAMENTE É PRECISO... >>


30/12/2007
COMUNICAÇÃO E SINERGIA >>


23/12/2007
CADA SER HUMANO É ÚNICO... E DEVE SER VALORIZADO A CADA ANO... >>


16/12/2007
CAPITAL HUMANO >>


10/12/2007
A VIDA VALE A PENA >>


03/12/2007
PROTESTAR, REFLETIR E PENSAR... >>


26/11/2007
ESTÁTUAS PELO MUNDO...PARA PENSAR E REFLETIR V >>


19/11/2007
ESTÁTUAS PELO MUNDO...PARA PENSAR E REFLETIR IV >>


13/11/2007
ESTÁTUAS PELO MUNDO...PARA PENSAR E REFLETIR III >>


06/11/2007
ESTÁTUAS PELO MUNDO...PARA PENSAR E REFLETIR II >>


02/11/2007
ESTÁTUAS PELO MUNDO...PARA PENSAR E REFLETIR >>


25/10/2007
É PENSAR E REFLETIR... >>


17/10/2007
ELITE BRANCA??? >>


14/10/2007
O PROFESSOR DA ARTE - PAULO AUTRAN >>


30/09/2007
FOTOS PARA PENSAR VI >>


24/09/2007
FOTOS PARA PENSAR V >>


16/09/2007
FOTOS PARA PENSAR IV >>


10/09/2007
FOTOS PARA PENSAR III - WORLD TRADE CENTER >>


02/09/2007
FOTOS PARA PENSAR II >>


27/08/2007
FOTOS PARA PENSAR I >>


20/08/2007
É PRECISO PENSAR, NEM QUE SEJA PELADO!!! >>


13/08/2007
"NESSA LONGA ESTRADA DA VIDA..." >>


08/08/2007
HIROSHIMA - 62 ANOS >>


01/08/2007
ARROGÂNCIA >>


18/07/2007
5% OU 95%? ONDE VOCÊ SE ENCAIXA? >>


13/07/2007
EQUILÍBRIO E PLANEJAMENTO... >>


03/07/2007
ENTRE O CÉU E O INFERNO? >>


29/06/2007
RICOS CRESCEM MAIS NO PAÍS QUE NO MUNDO >>


18/06/2007
PENSAR OU RELAXAR E GOZAR? >>


17/06/2007
FEIRA DO LIVRO E ENCONTRO DE LITERATURA, NINGUÉM SEGURA "ECE" PAÍS... >>


04/06/2007
O FUTURO DO NOSSO PLANETA??? >>


28/05/2007
PROTESTO CONTRA A VIOLÊNCIA >>


21/05/2007
HÁ QUE SE PENSAR MUITO... >>


14/05/2007
A IMPORTÂNCIA DA BELEZA INTERIOR >>


07/05/2007
SEJA COMPETENTE >>


01/05/2007
VAMOS PENSAR MUITO SOBRE A ATUAL VIOLÊNCIA, PESSOAL!!! >>


23/04/2007
CHOCANTE! PARA PENSAR MESMO! >>


17/04/2007
FOTO QUE POR SI SÓ FALA A VERDADE >>


07/04/2007
IDÉIAS... >>


28/03/2007
É PARA PENSAR E AGIR... >>


21/03/2007
É REALMENTE PARA PENSAR E REFLETIR... >>


13/03/2007
DE PORTAS ABERTAS PARA A REFLEXÃO... >>


07/03/2007
TEMPO, FRASES, ANÚNCIOS DE EMPREGO... >>


03/03/2007
A VIDA É UM LIVRO ABERTO >>


14/02/2007
O SOL NASCEU PARA TODOS, BASTA PENSAR!!! >>


29/01/2007
VAMOS VIVENDO, VAMOS PENSANDO, VENDO AS HORAS, QUE VÃO PASSANDO... >>


14/12/2006
MENSAGEM DO ERNANI >>


04/12/2006
VAMOS TENTAR LIDAR MELHOR COM AS PESSOAS? COMO GENTE! >>


02/12/2006
100SACIONAL - SÓ AS MELHORES DO "PENSE!" >>


13/11/2006
HOMEM DE COR >>


09/11/2006
A LOGÍSTICA PORTUÁRIA EM QUESTÃO! >>


30/10/2006
PENSANDO EM POLÍTICA E RISCO... >>


23/10/2006
A VIDA CONTINUA... >>


17/10/2006
NÃO HÁ LIMITES PARA OS NOSSOS PENSAMENTOS! NEM O DESERTO! >>


09/10/2006
REFLEXÃO! >>


01/10/2006
O PODER DO PENSAMENTO E DA REFLEXÃO! >>


25/09/2006
QUAL O SEU TAMANHO? >>


21/09/2006
DEMOCRACIA É ISSO... >>


11/09/2006
PERGUNTARAM AO DALAI LAMA... >>


04/09/2006
O PODER DO PENSAMENTO >>


29/08/2006
NÃO VAMOS SILENCIAR! >>


21/08/2006
ATENDENDO O CLIENTE COM ELEGÊNCIA >>


20/08/2006
AMIGOS OU INIMIGOS? >>


24/06/2006
QUEM NÃO SE DEDICA SE COMPLICA! >>


12/06/2006
JOHN LENNON >>


04/06/2006
PARA REFLETIR >>


27/05/2006
QUEM SOMOS NÓS? >>


20/05/2006
SE INSPIRE NA VIDA DAS ÁGUIAS >>


14/05/2006
ANO DE ELEIÇÃO >>


07/05/2006
É CURIOSO! >>


01/05/2006
LAVAGEM CEREBRAL NA SALA DE AULA >>


27/04/2006
REUNIÕES! FIQUE ESPERTO! >>


27/04/2006
PONHA OS MIOLOS PRA TRABALHAR >>


06/04/2006
Pense >>


06/04/2006
SABEDORIA >>


23/03/2006
A ARTE DE PRODUZIR CLIENTES >>